Cristo Redentor

Bem vindo ao Corcovado, ou mais especificamente ao Cristo Redentor, principal cartão postal do Rio e do Brasil! Aqui você vai descobrir um pouco mais sobre esse monumento tão importante para o nosso país.

Nesse guia vamos dar uma apanhado geral sobre como poder aproveitar ao máximo esse lugar tão especial. Veja abaixo os tópicos explorados ao longo do artigo.

  • Onde fica o Cristo Redentor
  • Como chegar no Cristo Redentor
  • A história do Cristo no Corcovado
  • Inspirações ao redor do mundo

Onde fica o Cristo Redentor – Principal marco carioca

Localizada no topo do Corcovado, a mais de 700 metros acima do nível do mar, o Cristo Redentor é o principal símbolo da cidade. O marco carioca, fica dentro da maior floresta urbana do mundo, o Parque Nacional da Tijuca , e tem todo um visual de tirar o fôlego de maior parte da cidade do Rio de Janeiro.

Há pouco mais de 10 anos, o Cristo foi “escolhido” com uma das sete maravilhas do mundo moderno. Além disso, em 2012 a UNESCO incluiu o Cristo Redentor como a paisagem do Rio dentro da lista de Patrimônios da Humanidade.

 

Como chegar no Cristo Redentor

Existem basicamente duas maneiras práticas de se chegar por ali. Ou por meio dos famosos trens do Corcovado ou por meio das vans licenciadas espalhadas em pontos da cidade.  Vamos então a detalhes de como pegar cada um deles.

1)Trem do Corcovado

Começamos então pelo trenzinho.O famoso trem foi construído na época, apenas para fazer o transporte das peças do Cristo Redentor até o topo. Ao longo dos anos, ele acabou se tornando um meio de se levar até 173 pessoas até topo do Corcovado.

Com saídas a cada 30 minutos, o embarque para o Cristo é na estação Corcovado, localizada em Cosme Velho. Segue abaixo os preços dos bilhetes do trem com os respectivos pontos de venda, segundo os dados de Julho/2018

 

Ingresso inteiro – Alta Temporada*: R$ 75,00
Ingresso inteiro – Baixa Temporada*: R$ 62,00
Idoso (acima de 60 anos residente no Brasil) R$ 24,50
Criança (5 a 11 anos) R$ 49,00

*Pagamentos em dinheiro ou cartão

Pontos de Venda do Trem do Corcovado

Na Estação do Trem

Rua Cosme Velho 513, Cosme Velho, Rio de Janeiro

Copacabana Quiosque RIOTUR
Av. Atlântica, em frente à Rua Hilário de Gouveia
(próximo ao posto 03)

Quiosque Largo do Machado
Praça Largo do Machado

Shopping Rio Sul
1° Piso na entrada da Rua Lauro Muller, 116 – Botafogo

Fonte: tremdocorcovado.rio

2) Vans para o Corcovado

Vamos agora para o segundo jeito de se chegar no Cristo, ou seja, que é justamente pegando as vans.

Pontos de venda das vans para o Corcovado

Largo do Machado, pertinho da saída do metrô

  • Saídas diárias: 8h às 16h de Segunda a Sexta,  8h às 17h aos finais de semana

R$ 61,00 Baixa Temporada / R$ 74,00 Alta Temporada

Em Copacabana na Praça do Lido;

  • Saídas diárias:  8h às 16h de Segunda a Sexta,  8h às 17h aos finais de semana

R$ 61,00 Baixa Temporada / R$ 74,00 Alta Temporada

No Centro de Visitantes da Paineras, dentro do Parque Nacional da Tijuca;

  • Saídas diárias: 8h às 19h

R$ 28,00 Baixa Temporada / R$ 41,00 Alta Temporada

Na Barra da Tijuca em frente ao Shopping Città America

 

Para maiores informações: Paineiras Corcovado

A história do Cristo no Corcovado

Mas po, beleza. Como que o Cristo virou esse marco na cidade do Rio? Chegou a hora de entender sobre isso então!

Ele foi inaugurado no começo da década de 30, no topo do morro do Corcovado. Acontece que daquele ponto, podemos ter uma visão panorâmica de uma porção de lugares chave da cidade. Dentres eles o do centro da cidade, o do morro do Pão de Açúcar , da Lagoa Rodrigo de Freitas , das praias de Copacabana e de Ipanema , do Maraca e de importantes favelas da cidade.

O que aconteceu foi que, após o final da Primeira Guerra Mundial, a Arquidiocese do Rio, morrendo de medo de uma crescente onda que poderia gerar ainda menos crença na fé cristã, teve uma ideia para se precaver dessa possibilidade.

Eles se encontraram com o governo da época e sugeriram então, a construção de uma grande estátua de Cristo, no pico do Corcovado, com o objetivo de fazer com que ele pudesse ser visto de todo o Rio. Curiosamente, pouco menos de 90 anos depois, a estrutura é hoje o principal ponto de referência da cidade, um dos monumentos mais conhecidos do mundo.

Inspirações ao redor do mundo

Não se pode afirmar ao certo, se de fato o nosso Cristo Redentor no Rio, veio a inspirar todas essas construções. Ainda assim, pode-se reparar que não faltam monumentos “irmãos” espalhados pelo mundo. Dê uma olhada abaixo nos outros “Cristos” construídos ao redor do planeta!

Cristo de Wiebodzin —  Polônia

cristo polonia

Cristo de Cochabamba —  Bolívia

Cristo na Bolívia

Cristo de Lisboa —  Portugal

Cristo em Lisboa

Cristo de Cali —  Colômbia

cristo colombia

Cristo de Díli —  Timor Leste

Cristo no TImor Leste

A importância do Corcovado

O pico é famoso pela estátua do Cristo Redentor e pelo incrível visual de todo o Rio de Janeiro. Junto com a própria estátua do Cristo, o Corcovado faz parte do maior cartão-postal da cidade da cidade e do país.

O conjunto tem um significado muito importante para o Rio. O interessante é, que mesmo que menor em comparação com monumentos como a Torre Eiffel (324m) ou o Big Ben (96m), a estátua não deixa de ser imponente, do alto dos seus 38m, aliado ao pico do Corcovado, que ultrapassa a barreira dos 710 metros.

É fato que o  maior ícone do Rio de Janeiro, merece ser visitado pelo menos uma vez na vida. Sabe aquele rolê que é meio que impossível de tirar da lista do que fazer numa cidade? Pois é, se for um visitante de primeira viagem ao Rio, não tem como não ir conhecer.

 

CLIQUE AQUI PARA VER O GUIA DEFINITIVO DAS 49 ATIVIDADES QUE VOCÊ TEM QUE FAZER NO RIO DE JANEIRO!